Visão Geral

Sobre o I Congresso: A experiência de dois Simpósios anteriores permitiu verificar que atualmente no Brasil há uma demanda crescente de pesquisadores e estudiosos sobre a América Latina, que não encontram espaços ou interlocutores dentro do país para debater suas preocupações intelectuais.

Enquanto no cenário internacional há vários eventos sobre a América Latina, com perspectivas interdisciplinares e importante presença dos pesquisadores de diversos países, no Brasil os eventos sobre a região são relativamente poucos, quando comparados com o potencial de produção, e nem sempre atravessam as diversas áreas de conhecimento das ciências sociais, das humanidades e das artes num único evento.

Tal carência de espaços específicos para pensar a América Latina a partir do Brasil destoa assim com a tradição de intelectuais que, desde meados do século passado e principalmente nas décadas de 1960 e 1970, contribuíram de modo muito profícuo com projetos intelectuais sobre a América Latina. Desta semente emanou, por exemplo, uma rica tradição de pensadores sobre a dependência econômica e política regional em cujo núcleo se concentravam pensadores como Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso, Octávio Ianni, Francisco Weffort, Theotónio dos Santos, Vânia Bambirra, Rui Mauro Marini, entre muitos outros autores de renome internacional.

Os Simpósios e o Congresso do PROLAM/USP, que ocorrem agora concomitantemente, vêm contribuir para suprir, inicialmente, a carência de espaços interdisciplinares de encontro e debate dos projetos intelectuais sobre a América Latina que se produzem no Brasil. Em segundo lugar, propõem-se a articular os pensadores brasileiros com aqueles intelectuais provenientes de outros países da região e do mundo que desejem estabelecer diálogos interdisciplinares e científicos com os pesquisadores brasileiros.

Para o III Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina foram convidados intelectuais de renome mundial e com destacados trabalhos sobre a América Latina. O Simpósio prevê Conferências e Mesas Redondas, com o desafio de interpretar as questões mais relevantes contemporâneas da América Latina.

Já o I Congresso Internacional Pensamento e Pesquisa sobre a América Latina (CIPPAL) se debruçará sobre diversos temas, disciplinas e problemáticas a ser estudadas sobre a América Latina. O I CIPPAL criará o cenário para as apresentações das pesquisas dos participantes latino-americanistas brasileiros e estrangeiros que trarão seus trabalhos e reflexões em temáticas heterogêneas sobre a região.

Também receberá o Fórum Permanente de Programas de Pós-Graduação em América Latina, atividade itinerante incentivada pela equipe do PROLAM/USP e que reunirá a cada dois anos aos pesquisadores dos Programas de Pós-graduação em estudos sobre a América Latina do Brasil.

Realizaremos, ainda no espaço do Congresso, atividades de formação nos CURSOS DE CURTA DURAÇÃO e diversas atividades.

Confira a nossa Programação completa no site do evento



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .