Conferências FFLCH - USP, I Congresso Internacional Pensamento e Pesquisa sobre a América Latina

Tamanho da fonte: 
Presença latina na "Escrita: Revista Mensal de Literatura" (1975-1976)
Luciano de Jesus Gonçalves

##manager.scheduler.building##: Departamento de História/FFLCH - USP
##manager.scheduler.room##: Sala 13/Ilana
Data: 2019-05-07 10:30  – 01:00
Última alteração: 2019-04-25

Resumo


Para um estudioso como Wilson Martins, a década de 1970 representou o auge da produção contística brasileira, o que o autorizou a classificar o Brasil como país de contistas. A efervescência do gênero pode ser comprovada quando se analisa os casos das revistas literárias da época, a exemplo da Ficção: histórias para o prazer da leitura e a Escrita: revista mensal de literatura. Em meio a esse cenário, esta última revista, editada em São Paulo pelo escritor Wladyr Nader, possui lugar de destaque. Em seus primeiros dez volumes, a publicação veiculou trechos de obras de ensaístas, poetas, romancistas e, óbvio, contistas das mais diversas regiões brasileiras, mas não só. Chama-nos a atenção o contingente expressivo de escritores latinos veiculados nas páginas da revista, a exemplo de Pablo Neruda (chileno), Horácio Quiroga (uruguaio) e Adolfo Bioy Casares (argentino). No lapso temporal dos dois anos iniciais da publicação, para não ficarmos apenas nesses autores mais conhecidos, a iniciativa de Nader veiculou, ainda, outros mais desconhecidos como Ricardo Jesurum, Enódio Quintero e Ciro Alegria, respectivamente, cubano, venezuelano e peruano. Como objetivo principal, nossa realização mapeará a presença latina na revista, tendo em vista os volumes citados, seus contextos de produção e circulação de obras traduzidas ou não para o português. A pesquisa documental em curso permite-nos alguns índices que a Escrita nos fornece nessa etapa da pesquisa: ao longo do período, mesmo em se tratando de escritores com produções variadas, a publicação priorizou o conto desses artistas em sua língua original, o espanhol. Além da tentativa de expandir o seu público leitor, a revista demonstrou uma especial atenção para a ausência de tais escritores, bem como o alerta de que os mesmos representariam, traduzidos, mais uma possibilidade para o mercado editorial brasileiro.

 


Palavras-chave


Literatura hispano-americana; Conto; Wladyr Nader