Conferências FFLCH - USP, I Congresso Internacional Pensamento e Pesquisa sobre a América Latina

Tamanho da fonte: 
Há espíritos entre nós? relações sociais, fanatismo e religiosidade na literatura latino americana
Antonio Carlos Lopes Petean

##manager.scheduler.building##: Prédio da Letras/ FFLCH - USP
##manager.scheduler.room##: Sala 134
Data: 2019-05-09 02:00  – 05:00
Última alteração: 2019-04-25

Resumo


Se a literatura é uma das formas de expressão artística que contribui para ampliarmos o conhecimento sobre o Ethos de uma sociedade, então ela nos possibilita uma maior compreensão das formas de representação dos fenômenos humanos. Nesse sentido, a literatura latino-americana tem muito a contribuir para a nossa compreensão das sociedades americanas, marcadas por intensas manifestações religiosas, crenças e superstições que se inserem nas relações sociais e políticas, ora as constituindo e moldando, ora as desintegrando. Por isso, o presente trabalho de comunicação é resultado de um estudo comparativo entre duas obras da literatura latino-americana, descortinando “estruturas” subterrâneas que marcam as sociedades que se formaram nos antigos territórios da colonização espanhola. As obras trabalhadas são “Do amor e outros demônios” de Gabriel Garcia Marques e “A casa dos espíritos” de Isabel Allende. Estudo que pode contribuir para a compreensão da religiosidade e do messianismo que se inserem nas relações sociais e políticas da América latina, num momento em que presenciamos o crescimento de denominações religiosas por todo o continente americano, evidenciando uma forte ameaça a laicidade das instituições.


Palavras-chave


Religiosidade, latino-americanas, crenças, literatura, sociedades