Conferências FFLCH - USP, I Congresso Internacional Pensamento e Pesquisa sobre a América Latina

Tamanho da fonte: 
Boletim do Centro Latino-Americano de Pesquisa em Ciências Sociais (1959-1961): Escritos do Intelectual João Roberto Moreira sobre Educação
Leziany Silveira Daniel

##manager.scheduler.building##: Departamento de História/FFLCH - USP
##manager.scheduler.room##: Sala 16
Data: 2019-05-07 10:30  – 01:00
Última alteração: 2019-04-26

Resumo


O presente trabalho propõe discutir propostas para a educação na América Latina expressas no Boletim do Centro Latino Americano de Pesquisas em Ciências Sociais, no período 1959-1961, quando estava sob direção do sociólogo Luiz Aguiar de Costa Pinto. Parte-se do pressuposto que com iniciativas como esta ocorreu, ao mesmo tempo, a ampliação e a transnacionalização do espaço público dos intelectuais (SIRINELLI, 2003), mas também uma maior interlocução entre eles, pensando particularidades não só da educação nacional, de cada país, mas da América Latina como um todo. Neste período destaca-se a criação da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL), em 1947, com sede em Santiago do Chile, no qual a questão do desenvolvimento apareceu como tema central no interior das Ciências Sociais na América Latina (BLANCO, 2007). Entre os principais discursos estava o entendimento de que a educação era um instrumento básico do desenvolvimento e este era condição essencial para gerar mais e melhor educação, assim como a de que os problemas educacionais deviam ser pensados como parte integrante de um processo e de uma política geral de desenvolvimento. Em especial, a Organização para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) tornou-se instância fundamental para o fomento de pesquisas que integravam estudos entre educação e ciências sociais. No interior destas mesmas iniciativas, criou-se, assim, no Brasil o CLAPCS, no Rio de Janeiro, em 1957, sob a direção do sociólogo brasileiro Luiz de Aguiar de Costa Pinto. Foram selecionados 7 (sete) artigos que nos permitiram, a partir de leitura, traçar alguns pontos de análise sobre a forma como a educação era abordada pelo Centro, entre os quais: o caráter central da educação nos projetos de pesquisa desenvolvidos pelo Centro; a presença quase que predominante de João Roberto Moreira (intelectual atuando no CBPE e também no Centro) como autor dos artigos que versam sobre educação.


Palavras-chave


intelectuais; Educação; América Latina