Conferências FFLCH - USP, I Congresso Internacional Pensamento e Pesquisa sobre a América Latina

Tamanho da fonte: 
O artista e sua importância na constituição de uma narrativa identitária para a comunidade LGBT
Luiz Roberto de Almeida, Lucilene Cury

Última alteração: 2019-03-29

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados parciais obtidos na pesquisa de mestrado intitulada “A comunidade LGBT em busca de identificação: São Paulo e Buenos Aires”, que deverá ser finalizada até janeiro de 2019. A escolha pela comparação entre as cidades de São Paulo e Buenos Aires se dá pela similaridade do contexto econômico e da importância dos movimentos migratórios europeus na formação dessas duas cidades. O trabalho levanta como hipótese que o gesto da arte se apresenta como um ato emancipatório do caos, um ato criador, ou seja, um caminho para que os indivíduos da comunidade LGBT possam superar sua condição de indivíduos marginalizados pela sociedade, e se entendam como sujeitos, colocando-se no centro de seu próprio mundo e passem a ocupar o lugar do “eu”, na perspectiva da complexidade, tal como propõe Edgar Morin. Com base no referencial teórico utilizado, que compreende a obra de Stuart Hall, e por sua vez, a obra de Lacan, toda identidade é entendida como um processo em constante formação. As pessoas formam a identidade através da identificação com outras pessoas. Assim, a figura do artista contribui com a matéria-prima de identificação para os indivíduos da comunidade LGBT, e para a construção de uma narrativa identitária dessa comunidade. Dessa forma, a narrativa identitária pode agir em dois sentidos: de abrigo psicológico (identificação dos indivíduos com uma comunidade, sentimento de pertencimento); e de abrigo físico (exposição de identidades não estereotipadas e estigmatizadas que podem agir de forma a humanizá-los). A pesquisa de campo em Buenos Aires já está finalizada e é composta por entrevistadas em profundidade com oito artistas LGBT da cidade. A pesquisa de campo em São Paulo está em processo de finalização.


Palavras-chave


Arte; Narrativa; Identidade; Comunidade LGBT; Políticas públicas