Conferências FFLCH - USP, I Congresso Internacional Pensamento e Pesquisa sobre a América Latina

Tamanho da fonte: 
Processos históricos na narrativa policial latino-americana: as pistas deixadas pelo passado e pela memória
Eduardo Fava Rubio

##manager.scheduler.building##: Departamento de História/FFLCH - USP
##manager.scheduler.room##: Sala 13/Ilana
Data: 2019-05-08 10:30  – 01:00
Última alteração: 2019-04-25

Resumo


Este trabalho nasce do projeto de pesquisa “A narrativa policial no século XXI nos países da Tríplice Fronteira (Argentina, Brasil e Paraguai)”, desenvolvido na UNILA, e o expande para abarcar a literatura do gênero desenvolvida também em outras regiões da América do Sul. Pretende-se analisar aqui, então, três romances policiais latino-americanos – El último vuelo del pájaro campana (1995/2007), do paraguaio Andrés Colmán Gutiérrez; Abril rojo (2006), do peruano Santiago Roncagliolo; e Las viudas de los jueves (2005), da argentina Claudia Piñeiro – em que processos históricos recentes que se desenvolveram nos respectivos países onde foram escritos configuram não só o pano de fundo da ação ou um elemento cujo conhecimento é requisitado para melhor compreender a história contada, mas um fator essencial para a configuração da trama e de seu pertencimento ao gênero em sua realizações particulares na América Latina. Segundo Link (2002), uma das razões “que torna interessante o policial é estrutural: o policial é um relato sobre o Crime e a Verdade.” Por outro lado, como afirma Lockhart (2004), a narrativa policial se transforma dependendo de como o crime – e, especialmente, seus aos motivos, razões e causas – se insere no contexto em que os próprios leitores se encontram. Assim, o gênero se relaciona – como toda a literatura, na verdade – com a sociedade em que se produzem suas obras. Na América Latina, o contexto histórico e social passa sempre por uma busca de identidade que, por sua vez, se obstina em interpretar seu passado e sua história para entender seu presente. Daí que as reflexões sobre processos históricos e suas consequências – como as que aparecem nos romances analisados – trabalhem por conformar uma concepção do crime e da busca pela verdade contemporânea à escrita dos romances, base sobre a qual se buscará aqui analisa-los sob a perspectiva da narrativa policial.

Palavras-chave


Literatura latino-americana; Literatura argentina; Literatura paraguaia; Literatura peruana; Literatura policial; História Latino-americana