Conferências FFLCH - USP, I Congresso Internacional Pensamento e Pesquisa sobre a América Latina

Tamanho da fonte: 
Perspectivas para integração da Pan-Amazônia
Irenildo Costa da Silva

##manager.scheduler.building##: Departamento de Geografia da FFLCH - USP
##manager.scheduler.room##: Sala 11
Data: 2019-05-07 10:30  – 01:00
Última alteração: 2019-06-17

Resumo


O espaço amazônico, em seu sentido amplo, conta com reconhecidos recursos do patrimônio natural e da história humana, os quais têm sido objeto de interesse tanto por parte dos países “centrais” como das nações que a compõem. Em decorrência disso, essa região cada vez mais vem recebendo novos olhares conforme vai se dinamizando as transformações de um mundo globalizado, acarretando então, o direcionamento de políticas as mais diversas na intencionalidade de usufruir o que essa região contém, as florestas, as terras, as águas, os minerais, enfim, a biodiversidade, causando grandes mudanças na estrutura econômica, demográfica, social e ecológica da região. Preocupados com essas demandas e o futuro dessa região, cada país que integra parte da Amazônia tem dispensado esforços pelos avanços nas articulações de cooperação para o melhor usufruto da região e seus potenciais. O objetivo deste artigo é realizar uma análise dos processos que concorrem para a integração da Pan-Amazônia e quais as perspectivas se dão nessa direção. Os resultados alcançados permitem o suporte para dizer que há necessidades por maiores compromissos por parte dos Estados-nações que são parte integrante da grande região pela promoção de articulações que estejam para além das relações comerciais pouco significativas, com demandas pela construção de agendas sólidas de desenvolvimento, em que a estruturação de acordos e convênios considere as especificidades características da região nos termos ambientais, socioculturais, políticos e econômicos da Amazônia.


Palavras-chave


Amazônia. Recursos naturais. Convênios. Desenvolvimento sustentável.